• Regina Beatriz

"Herança, amor e família: o que está em jogo com o lobby do poliamor.

Todas as questões patrimoniais e sucessórias, por exemplo, envolvem exclusivamente cônjuges e os descendentes produzidos por suas relações – amantes entram na figura legal do concubinato, e não têm os mesmos direitos. Nos últimos anos, porém, alguns acontecimentos no Judiciário e no Legislativo permitiram identificar uma tentativa de mudança nesse cenário. É possível que o Brasil se torne um país em que a poligamia é reconhecida legalmente?


Leia mais em Gazeta do Povo

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo